Registro na Agência de Empregos da Alemanha

1° passo: você tem que fazer seu cadastro online (jetzt registrieren) como desempregado procurando emprego no site do Bundesagentur für Arbeit, faz seu perfil online e monta o perfil com as informações sobre empregos que procura. Depois de alguns dias você recebe uma ligação para marcar uma Beratungsgeschpräch (aconselhamento pessoal) e depois recebe uma carta, na qual te convidam para essa conversa pessoal: https://jobboerse.arbeitsagentur.de/vamJB/startseite.html?kgr=as&aa=1&m=1&vorschlagsfunktionaktiv=true

2° passo: ir preparado com currículo, cartas de recomendação, cartas de avaliação de trabalho, certificados, diplomas e objetivos (porque você está na Alemanha? Porque você quer trabalhar na Alemanha? Quais são suas qualificações para trabalhar na Alemanha? Em quais áreas?) VOCÊ JÁ TEM QUE TER PERMISSÃO DE TRABALHO NA ALEMANHA E MORAR NA ALEMANHA!

3° passo: enviar sua Application, Bewerbungsunterlagen para todas as vagas que o Bundesagentur für Arbeit escrever que é pra você mandar. Eles mandam por email e por carta as vagas as quais se encaixam no seu perfil. Se vc não se candidatar, vc tem que explicar o porquê de vc não ter se candidatado. Pode também olhar diariamente no JobBörse as vagas disponíveis.

4° passo: ir nas reuniões e palestras do Bundesagentur für Arbeit.

5° passo: após conseguir o emprego, se descadastrar do sistema.

A Bundesagentur für Arbeit NÃO ARRUMA EMPREGO para vc! Ela te apoia e te ajuda a achar um emprego e a se sair melhor na entrevista de emprego devido às dicas, alguns cursos que oferecem e tal.

PODE SER QUE: devido a sua situação paguem pra você algum curso técnico, especialização (se tiver convênio) ou mesmo tradução juramentada do seu diploma e equivalência pelo ZAB ou IHK.

Vídeo sobre registro na Agência de Empregos (Bundesagentur für Arbeit)

Vídeo sobre financiamento de estudo pela Agência de Empregos

Sobre SEGURO SOCIAL e SEGURO DESEMPREGO, já fiz um post sobre isso: https://backpackingalone.wordpress.com/2016/06/05/seguro-desemprego-na-alemanha/

Publicado em ALEMANHA, Trabalhar | Marcado com , | 3 Comentários

Seguro desemprego na Alemanha

Há 2 tipos de ajuda:

1) Seguro social Arbeitsuchende / Arbeitlosenhilfe / Arbeitlosengeld I / Arbeitslosenversicherung – recebe pelo tempo de 6 meses (se tiver trabalhado pelo menos 12 meses pagando o seguro pelos últimos 2 anos) quando a pessoa está procurando emprego logo após a demissão / final do contrato. A pessoa tem que se registrar no Bundesagentur für Arbeit (acho que 3 meses antes do contrato de trabalho acabar) e recebe metade do salário que recebia antes de ser despedida (a pessoa paga obrigatoriamente por esse seguro que já é descontado diretamente do salário todo mês).

MESMO QUE NÃO QUEIRA RECEBER A BOLSA, TEM QUE SE CADASTRAR.

– Ao ser despedido / terminar o contrato de trabalho tbm tem que contactar o seguro-saúde (Krankenkasse) para mudar a categoria para desempregado ou Familienkrankenversicherung (se o/a parceiro/a tem emprego).

– O tempo de duração do seguro desemprego depende de quanto tempo se trabalhou antes de ficar desempregado e da idade da pessoa: http://www.finanztip.de/bezugsdauer-arbeitslosengeld/

– Aqui pode-se calcular o valor do seguro desemprego, que depende do salário anterior, classe de impostos e do número de dependentes. Fica entre 60-67% do salário anterior.
http://www.pub.arbeitsagentur.de/alt.html

– Se pedir demissão (ou contribuir para uma demissão) fica 3 (Sperre) meses sem receber o valor do seguro.

– Quem tem mini-job não tem direito a esse seguro desemprego (já que não paga imposto para esse seguro), mas tem direito a férias remuneradas (mts não sabem desse direito) e podem contribuir pra aposentadoria (Rentenversicherung – garante seguro invalidez e aposentadoria), muitos não sabem e perdem a oportunidade de garantir isso tbm.

2) Ajuda social (Sozialhilfe) / Arbeitlosengeld II – depois que a ajuda número 1 termina a pessoa recebe uma pensão definida pelo governo (399€) (a pessoa tbm paga obrigatoriamente por esse seguro que já é descontado diretamente do salário todo mês).

Em todos os casos a pessoa tem um acompanhamento e aconselhamento da Bundesagentur für Arbeit e recebe cartas da mesma toda semana com propostas de trabalho as quais ela é obrigada a mandar currículo e comparecer às entrevistas, se for chamada. Se não enviar o currículo tem que enviar a proposta de volta pro Bundesagentur für Arbeit explicando o porquê dela não ter enviado.

Empresas que contratam quem está registrado no Bundesagentur recebem bonus dependendo da idade do novo contratado.

Tem que se cadastrar no Bundesagentur nos dois casos e cumprir os deveres que implicam receber a bolsa. Ao se registrar a pessoa tem que permanecer na Alemanha e não pode viajar por longos períodos para fora da Alemanha.

A pessoa tem que comparecer quando for chamada para algum curso, capacitação técnica, etc.

“Zur Bekämpfung der Arbeitslosigkeit soll das zum 1. Januar 2005 in Kraft getretene Zweite Buch Sozialgesetzbuch SGB II (sog. Hartz IV-Gesetz) beitragen. Die im SGB II gere­gelte Grundsicherung für Arbeitsuchende ersetzt die frühere Arbeitslosenhilfe und Sozialhilfe für Erwerbsfähige. Nunmehr erhalten alle erwerbsfähigen Hilfebedürftigen, die keinen Anspruch auf Arbeitslosengeld nach dem SGB III haben, Zugang zu den gleichen Leistungen und werden nach denselben Regeln unterstützt: aus einer Hand und unter einem Dach.”

http://www.bmas.de/DE/Themen/Soziale-Sicherung/Sozialhilfe/sozialhilfe.html;jsessionid=EFDFBFA184E0CB44FE718BBCDEB27C3A

Mais fontes:

https://de.wikipedia.org/wiki/Zweites_Buch_Sozialgesetzbuch

https://de.wikipedia.org/wiki/Grundsicherung#Deutschland

http://www.finanztip.de/bezugsdauer-arbeitslosengeld/

– https://de.wikipedia.org/wiki/Gesetzliche_Rentenversicherung_(Deutschland)

 

Sobre REGISTRO NA AGÊNCIA DE EMPREGOS (Bundesagentur für Arbeit): https://backpackingalone.wordpress.com/2016/06/05/registro-na-agencia-de-empregos-da-alemanha/

 

Sobre IMPOSTOS NA ALEMANHA: https://backpackingalone.wordpress.com/2016/06/05/salarios-e-impostos-na-alemanha/

Publicado em ALEMANHA, Trabalhar | Marcado com , | 1 Comentário

Salários e impostos na Alemanha

Tabela de salários de acordo com a profissão e estado em que se mora:

http://www.gehaltsvergleich.com/berufe-a.html
http://www.gehalt.de

Gehaltsreport Einstiegsposition – para quem acabou de se formar e está negociando o primeiro salário – quanto ganha um recém-formado na Alemanha por área, quanto se paga em cada estado, tipos de empresas e univerisades:

– 2015: http://www.stepstone.de/Karriere-Bewerbungstipps/loader.cfm?csModule=security%2Fgetfile&pageid=34305

– 2016: http://www.stepstone.de/gehaltsreport/pdf/StepStone_Gehaltsreport_2016.pdf

Tabelas de impostos de acordo com o salário:

https://www.nettolohn.de/

http://www.brutto-netto-rechner.info

Arbeitstage Rechner:

http://www.steuertipps.de/steuererklaerung-finanzamt/themen/arbeitstage-rechner

Para quem tem que fazer o Steuererklärung e está precisando de uma Steuerberatung tem o aconselhamento e Steuererberatung Verein (associação) por 40€ (preço em Mannheim) no Steuerhilfsverein: http://www.vlh.de/ (mas não pode ter bens imóveis no nome, se tiver tem que pagar uma Steuerberatung de modo privado que é mais caro)

NEGOCIAÇÃO DE SALÁRIO – Gehaltsverhandeln (em alemão) com quiz: http://www.zeit.de/karriere/beruf/2015-10/gehalt-verhandeln-quiz?xing_share=news

EXPLICAÇÃO sobre IMPOSTOS na Alemanha – Fiz um resumo do que entendi. Vcs poderiam me corrigir, caso necessite, e me ajudar a completar, caso sintam falta de algo? Obrigada!

Impostos: http://www.rechnungswesen-portal.de/Fachinfo/Grundlagen/Lohn-und-Gehaltsabrechnung.html

*Lohnsteuer = imposto de renda (usado para escolas, estradas, universidades, obras públicas, etc.): depende da classe de imposto que o trabalhador está e do salário, varia de 0-~40% ou mais.

*Solidaritätszuschlag = imposto para ajudar o leste alemão (que pertencia à ex União Soviética): até ~5,5%, mas o quanto pagar depende do valor do salário, da classe do imposto e diminui de acordo com Sonderausgabe (outros altos impostos e despesas com cursos educativos, especializações, filhos, etc.).

*Kirchensteuer = imposto para a igreja: ~8-9%, mas reduz de acordo com a quantidade já paga com Sonderausgabe e Kappungsschwelle (quando se tem uma renda alta, por exemplo de 1 milhão por ano o imposto para a igreja reduz para ~2,7-3,5%).

*Sozialabgaben (~20%) = contribuição social (dividida em: Rentenversicherung = aposentadoria (~10%), Arbeitslosenversicherung = seguro desemprego (~1,5%), Pflegeversicherung = seguro invalidez (cuidados especiais) (~1%) e Krankenversicherung = seguro-saúde (~8%)). O trabalhador não paga mais que o teto (valor máx. que se paga) caso sua renda seja alta, por exemplo se receber 1.000.000,00€ por ano ele ainda continuará pagando ~4.200€ por ano para o seguro-saúde, ~7.000€ por ano para a aposentadoria, ~720€ por ano para seguro invalidez e ~1.100€ por ano para o seguro desemprego.

— Quando uma pessoa que tem renda alta, não gasta muito e ainda é jovem, uma boa opção seria investir em aposentadoria complementar (privada). Para quem tem mais idade seria melhor fazer outros tipos de investimentos como poupança, imóveis, etc., já que a aposentadoria complementar sairia muito cara.

— No Brasil um estudante que não tem renda ou uma pessoa desempregada sem nenhuma fonte de renda pode pagar para ser um assegurado facultativo, contribuindo para uma aposentadoria privada ou governamental. (Na Alemanha eu não sei como é, apenas sei que mesmo em período de Mutterschutz (“proteção da mãe” de 3 meses) e Elternzeit (maternidade/paternidade) – ou sendo estudante universitária a pessoa recebe pontos que contam para a aposentadoria. A aposentadoria na Alemanha tem base em um sistema de pontos e uma pessoa consegue atingir no máximo 100 pontos).

Há também o imposto de RÁDIO E TV (Rundfunkgebühr) que é pago a cada 3 meses num valor de aprox. 50€.

Para calcular o imposto sobre o salário bruto: http://www.brutto-netto-rechner.info

Explicação Solidaritätszuschlag: https://de.m.wikipedia.org/wiki/Solidaritätszuschlag

Explicação Kirchensteuer: https://de.m.wikipedia.org/wiki/Kirchensteuer_(Deutschland)#Steuers.C3.A4tze

Explicação Sonderausgabe (e dentro do texto também tem Kappungsschwelle): https://de.m.wikipedia.org/wiki/Sonderausgabe_(Steuerrecht)

Aposentadoria na Alemanha: http://www.focus.de/finanzen/altersvorsorge/rente/tid-8425/rentenrechner_aid_231122.html

Em relação ao mini-job as porcentagens são diferentes:

Vídeo sobre declaração de imposto de renda (Steuererklärung) na Alemanha: https://www.youtube.com/watch?v=4pclUD5QYxw&index=6

Vídeo sobre aposentadoria da Caroline Bersch: https://www.youtube.com/watch?v=Ts7VmwptJzU

Publicado em ALEMANHA, Trabalhar | Marcado com , , | 3 Comentários

Autorização da ZAV para trabalhar na Alemanha

Aqui vocês podem ler em quais casos a pessoa precisa de autorização oficial da ZAV (Zentrale Auslands und Fachvermittlung), um departamento da Bundesagentur for Arbeit (Agência de Empregos da Alemanha) para conseguir trabalhar na Alemanha. Leiam página 7 e 8.

 

Link geral sobre contratar trabalhadores estrangeiros: https://www.arbeitsagentur.de/web/content/DE/BuergerinnenUndBuerger/ArbeitundBeruf/ArbeitsJobsuche/ArbeitinDeutschland/Arbeitsmarktzulassung/Detail/index.htm?dfContentId=L6019022DSTBAI521651

 

PDF em inglês (Employment of Foreign Workers in Germany – Questions, answers and tips for employees and employers): https://www.arbeitsagentur.de/web/wcm/idc/groups/public/documents/webdatei/mdaw/mji3/~edisp/l6019022dstbai651347.pdf?_ba.sid=L6019022DSTBAI651353

PDF em alemão (Beschäftigung ausländischer Arbeitnehmerinnen und Arbeitnehmer in Deutschland – Fragen, Antworten sowie Tipps für Arbeitnehmer und Arbeitgeber): https://www.arbeitsagentur.de/web/wcm/idc/groups/public/documents/webdatei/mdaw/mdk1/~edisp/l6019022dstbai377667.pdf?_ba.sid=L6019022DSTBAI377670

Para trabalhar na Alemanha (sem ter ainda permissão de trabalho), a empresa precisa explicar pra ZAV (Zentrale Auslands und Fachvermittlung), como EM CASOS descritos na página 8, porque está contratando um estrangeiro. Ela pode negar o pedido da empresa ou acatar. O novo funcionário precisa mostrar o documento da ZAV e o contrato de trabalho para pedir o visto no consulado alemão (além de outros documentos como equivalência de diploma, a área de trabalho tem que ser a mesma do diploma, salário mínimo pro visto, seguro-saúde, pagamento da taxa, etc.). Na teoria o empregador é obrigado a contratar primeiramente alemão, se não conseguir passa pra cidadão da UE e se não conseguir outros estrangeiros.

Vídeo sobre o assunto:

Página 7:

1.4 The Issuing of a Residence Title for Employment WITHOUT the Consent of the BA for

• Highly qualified individuals with a settlement permit,
• Holders of an EU Blue Card whose salary is at least two thirds of the annual contribution assessment ceiling for the statutory pension fund 2016 = 49,600 Euro (2015 = 48,400 euros)
• Graduates of German universities for employment that is appropriate to the degree [Section 2 (1), Employment Regulation]
• Managers that as executives hold general power of attorney or general commercial power of attorney, as well as partners in commercial companies and executives at the level of the executive board, directorate and senior management in a company that is also active outside of Germany
[Section 3, Employment Regulation]
• Teachers, scientific assistants, guest scientists and engineers and technicians that belong to the research team of a guest scientist, as well as teachers at state schools, state-approved private substitute schools or recognised private complementary schools
[Section 5, Employment Regulation]
• School leavers from German schools abroad that wish to engage in employment that is appropriate to the school-leaving qualification or for the purpose of undertaking professional industrial training in an officially recognised profession or a profession with comparable regulation,
[Section 7, Employment Regulation]
• Foreigners that have an EU Blue Card or a residence permit and
– that have lawfully engaged in employment that is subject to compulsory insurance for two years in Germany or
– that have been resident in Germany for an uninterrupted period of three years with a permit, suspension of deportation or leave to remain.
[Section 9, Employment Regulation]

 

Página 8:

1.5 The Issuing of a Residence Title for Employment WITH the Consent of the BA for

• Foreigners that practise a shortage occupation and whose salary is at least 52 per cent of the annual contribution assessment ceiling for the statutory pension fund 2016 = 38,688 Euro (2015 = 37,752 euros)
[Section 2 (2), Employment Regulation]
• Foreigners with a recognised foreign university degree or one that is comparable to a German university degree [Section 2 (3), Employment Regulation]
• Executives and specialists of a company established in Germany with company-specific specialist knowledge for skilled employment in this company [Section 4 (1), Employment Regulation]
• Executives of a joint venture between German and foreign companies
[Section 4 (2), Employment Regulation]
• Foreigners that have acquired professional vocational training in Germany in an officially recognised profession or a profession with comparable regulation. [Section 6 (1), Employment Regulation]
• Foreigners that acquired their professional qualification abroad for employment that is appropriate to the professional qualification in an officially recognised profession or a profession with comparable regulation, provided that the competent authority as defined by federal or state regulations has determined the professional qualification’s equivalence with a skilled professional qualification in Germany and
– that the individuals in question were placed by the German Federal Employment Agency on the basis of an agreement on the procedure and the selection and placement processes with the country of origin’s Public Employment Service (placement agreements for nurses and old people’s nurses) or
– the German Federal Employment Agency has determined that filling the vacant positions in the corresponding profession with foreign applicants is justifiable from a labour-market and integration-policy perspective. This positive list is published at http://www.arbeitsagentur.de/positivliste.
[Section 6 (2), Employment Regulation]
• Foreigners that must carry out practical work on a temporary basis in order to determine the equivalence of professional qualifications acquired abroad [Section 8 (3), Employment Regulation]”
Publicado em ALEMANHA, Trabalhar | Marcado com | 2 Comentários

Tirar o Blue Card – Visto de trabalho para a UE

Em primeiro lugar: eu não sou responsável pelo seu visto e por atualização de algum documentos que escrevi nesse post. Eu não trabalho no Consulado alemão, nem na prefeitura (Rathaus), nem no Departamento de Imigração (Ausländeramt).

Essas coisas de tirar visto de trabalho no Brasil ou na Alemanha depende muito se o funcionário do Departamento respectivo, ex.: Departamento de Imigração (Ausländeramt) alemão vai com a sua cara, depende do nível de exigência e compreensão dele, de como você explica a situação, mas de toda forma na teoria TEM que voltar pro Brasil quando o último diploma é brasileiro (tirar no país de origem). Agora, quem se forma na Alemanha (graduação, mestrado, doutorado) consegue tirar de boa o Blue Card na Alemanha se cumprir todos os pré-requisitos pedidos. Além disso, quem tem o visto de procura de emprego (Visum zur Arbeitsplatzsuche) também pode tirar na Alemanha e normalmente quem tem visto de estágio (Fachpraktikum) e consegue emprego (contrato assinado) pode tentar tirar na Alemanha.

Na prática se vc chegar lá com:

– Seguro-saúde alemão com um valor mínimo assegurado de 30 mil euros ou 50 mil dólares e deve ter duração de pelo menos 3 meses à partir da data da viagem
– Documento que comprova que sua universidade e curso são reconhecidos pela lista do banco de dados da ANABIN* ou pela equivalência do ZAB**
– Diploma brasileiro traduzido juramentado (e também legalizado pelo consulado)
– Contrato de trabalho com pelo menos o salário mínimo exigido pelo visto
– Descrição do emprego relacionando com a área do estudo (só o contrato não basta) – o emprego tem que ser na área de formação
– Ter autorização da ZAV*** para trabalhar na Alemanha se receber menos de 49.600€/ano
– Pagar a taxa do visto
– Levar foto 3,5 x 4,5 cm (biometrisches Photo)
– Formulário para pedir o Blue Card preenchido
– Passaporte válido por pelo menos 1 ano (melhor ter um passaporte com uma longa data de validade)

…então pode ser (chances mínimas) que eles deixem vc começar o processo de pedido do Blue Card ou Visto Alemão de Trabalho (Arbeitsvisum) mesmo estando na Alemanha como turista e não no Brasil, mas eu não sei quanto tempo demora para o visto sair e pode ser que enquanto espera tenha que voltar para o Brasil ou te mandem tirar no Brasil mesmo.

Blue Card é primeiramente válido por 4 anos.

*ANABIN = http://anabin.kmk.org/anabin-datenbank.html

**ZAB = Zentralstelle für ausländisches Bildungswesen: https://www.kmk.org/themen/anerkennung-auslaendischer-abschluesse.html

***ZAV = Zentrale Auslands und Fachvermittlung: https://www.arbeitsagentur.de/web/content/DE/service/Ueberuns/WeitereDienststellen/ZentraleAuslandsundFachvermittlung/Arbeit/ArbeiteninDeutschland/index.htm

Exigências e pré-requisitos para o Blue Card pelo site oficial: http://www.bluecard-eu.de/eu-blue-card-germany/

ue

Histórias de quem já tirou visto de trabalho:

–> BLUE CARD: O Marcelo tbm conta aqui sobre a experiência dele para tirar o Blue Card: https://www.youtube.com/watch?v=5mjBQX1aaNw

–> ARBEITSVISUM: Aqui um blog que conta como o autor conseguiu o Arbeitsvisum, visto para trabalhar apenas na Alemanha sem diploma universitário, mas pela experiência de trabalho: https://memoriasdabere.com.br/2016/03/24/visto-de-trabalho-para-a-alemanha-sem-diploma/

O Blue Card é só para quem tem diploma universitário e vale para toda UE.

Exigências para a autorização da ZAV para trabalhar na Alemanha:

Texto no blog sobre a Autorização da ZAV para trabalhar na Alemanha: https://backpackingalone.wordpress.com/2016/06/05/autorizacao-da-zav-para-trabalhar-na-alemanha/

Equivalência não é validação/reconhecimento. Equivalência é comparar com um curso alemão = Zeugnisbewertung.

A equivalência de diploma é pedida para tirar o Blue Card e o Visum zur Arbeitsplatzsuche quando o curso e/ou Universidade não está/estão no banco de dados do site do Anabin.

Aqui como proceder para pedir a equivalência pela ZAB: https://backpackingalone.wordpress.com/2014/05/30/reconhecimento-de-diploma-na-alemanha-anerkenung-in-deutschland/

Como verificar se seu curso e uni estão na lista do ANABIN: http://getitrightingermany.blogspot.de/2016/06/como-saber-se-universidade-que-estudei.html

Mais informações no site do consulado alemão: http://www.brasil.diplo.de/Vertretung/brasilien/pt/0201__DZBrasilia/DZBrasilia.html

 

Finalizando:

Se a pessoa vai pedir a permissão de residência por trabalho estando na Alemanha, então tem que pedir  na cidade onde você vai morar para trabalhar, até onde sei. Então se não é, por exemplo, em Munique onde vc vai trabalhar, então não adianta pedir em Munique, tem que pedir onde se vai morar (vc vai pagar imposto para a cidade onde vai morar/trabalhar). Se for trabalhar em uma cidade e morar alguns dias lá, mas também morar em uma outra cidade, tipo nas sextas-feiras e fds, então tem a opção de 1. Wohnsitz (primeira moradia) e 2. Wohnsitz (segunda moradia), cujo tópico eu ainda estou lendo sobre para entender melhor como funciona. Tem que ter o Meldebescheinigung / Anmeldung (cadastro na cidade) para eles liberarem a permissão de residência por trabalho, então não sei se a pessoa já tem que estar morando na cidade onde vai trabalhar para iniciar o processo… acho que não… levando em conta que quem pede visto de trabalho do Brasil ainda não mora na Alemanha, mas provavelmente vai morar na cidade onde vai trabalhar. Bem complicado isso. Nos conte nos comentários como foi o seu caso! Valeu!

 

Aqui o meu post sobre os tipos de vistos para a Alemanha: https://backpackingalone.wordpress.com/2016/07/12/tipos-de-visto-para-a-alemanha/

Publicado em ALEMANHA, Trabalhar | Marcado com , | 9 Comentários

2° Encontro de Vlogueiros e Blogueiros Brasileiros na Alemanha

Oi gente!

Venho apresentá-los a chamada para o nosso 2° Encontro que será em

Berlim dia 12/06/2016 no gramado do Monbijoupark.

Vocês estão super convidados para o piquenique entre vlogueiros, blogueiros, espectadores e leitores! 😀

Não se esqueçam do protetor solar, levar água, lanche, canga, câmera fotográfica e/ou celular.

 

Confirme sua presença no evento e chame os amigos para participarem AQUI.

–> Se você tem um canal e/ou blog e quer participar, então me manda o link do seu canal ou blog para eu acrescentar na lista na descrição do evento.

 

Lista de canais e blogs participantes da chamada:

Elissa e Rodrigo: Canal Alemanizando / Blog

Jade: Canal Memórias de uma Paulistana Estressada / Blog

Raquel: Canal Backpackingalone / Blog

Rode: Blog Entre Duas Culturas

Telma: Canal Telma Brites realizando meus sonhos

Vivian: Canal Vivian Hegmann

Raphael: Canal Alemão Sem Legenda / Blog

Caroline Bersch: Canal Caroline Bersch / Blog

Leila: Canal Eu e meu cabelo crespo na Alemanha

Leandro: Canal Um Mineiro em Berlim

Sara: Canal As Matutas / Blog

Rosa: Canal As Matutas / Blog

Manuella: Canal Aqui na Alemanha

Cristiana: Canal Viaje com a Cris / Blog

Daiana: Canal Daiany C. Schäffer

Enaira: Canal Minha Vida na Alemanha

Dai: Canal Partiu Deutschland

Alexandre: Canal Kartoffelsalat

 Marcelo: Canal Partiu Hamburg

Ivan: Canal Viagens e Vistos

Cecília: Canal E aí, Cecizinha?

Axel: Canal O Alemão

 

Logo do vídeo feito pela designer Isabela Campos: Canal Lá Fora

Website: http://www.beagentur.de

 

–> AQUI você pode ler o resumo do 1° Encontro em 2015 em Colônia.

 

Abraços,

Raquel e todos canais e blogs os participantes da edição 2016

 

 

Publicado em ALEMANHA, Intercâmbio, Viagens | Marcado com , , | Deixe um comentário

Meu modelo de currículo na Alemanha

Já citei sites que mostram como fazer currículo em alemão e inclusive já mostrei como é o meu currículo em inglês e alemão aqui: https://backpackingalone.wordpress.com/2014/05/30/modelo-de-curriculo-na-alemanha-montar-cv/

Mas como a pergunta se repete, venho aqui colocar como é a estrutura do meu CV em alemão (copiem e colem no word, completem, formatem e depois convertam para pdf antes de mandar para a vaga que deseja).

 

  • Quando a descrição da vaga é em alemão eu mando tudo em alemão. Quando a descrição é em inglês eu mando em inglês.

 

Na Alemanha a inscrição, “Application”, “Bewerbung” normalmente é composta por

uma “Bewerbungsunterlagen” (documentos da inscrição):

  • Carta de Apresentação (Anschreiben), nela normalmente se escreve sobre você e pelo menos um parágrafo sobre sua motivação para trabalhar naquela empresa naquela vaga (Motivationsschreiben) (serve para chamar o RH e deixá-lo interessado em você)
  • Carta de referência (Referenzschreiben) (eu coloco uma carta de referência ótima de um professor alemão antes do meu CV para despertar mais o interesse do RH, mas o normal é deixar junto com os certificados)
  • Currículo (Lebenslauf) (o CV alemão é “TABELADO”, como uma tabela com linhas transparentes)
  • Certificados (Zertifikate) (cartas de referência, traduções dos diplomas, certificados, comprovantes de trabalho: Arbeitszeugnis – em ordem cronológica reversa: o último primeiro)

 

  1. SEM CARTA DE APRESENTAÇÃO O RH praticamente NEM OLHA SEU CV NA ALEMANHA!!!
  2. Toda informação do CV em ordem cronológica reversa.
  3. Fazer cabeçalho automático em todas as páginas (é aconselhável, apesar do meu CV da foto não ter). Fazer cabeçalho obrigatoriamente para a carta de apresentação/carta de motivação.

 

Aqui um screen shot do meu CV reduzido para 2 páginas (mas que na verdade tem 3 páginas):

 

Captura de Tela 2016-03-30 às 16.43.43

Name

Geburtstag: xx. xxxxxx. 1988
Nationalität: Brasilianisch

Adresse: Straße X, Nummer, PLZ, – Stadt

Tel.: +49…

Email:

Skype:

Dauerhafte Aufenthaltserlaubnis in Deutschland

 

Praktika und Berufserfahrung

03/2015 – 12/2015      Firma, Mannheim, Deutschland.

Wissenschftliche und Projektassistentin.

Support im Event Management….

09/2009 – 11/2009     Universität Konstanz, Konstanz, Deutschland.

Studentischer Forscher – Lehrstuhl für Zellbiologie.

Thema: …

Stipendium des DAAD (Deutscher Akademischer Austauschdienst) im Rahmen eines IAESTE (International Association for the Exchange of Students for Technical Experience) Praktikums.

 

03/2009 – 06/2009     Farmácia XXX, Ouro Preto, Brasilien.

Praktikantin – Apotheke.

 

Studium und Ausbildung

04/2007 – 10/2013     Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, Brasilien.
Diplom in Pharmazie

Abschlussnote:

Abschlussarbeitsthema:

 

04/2012 – 07/2012     Albert-Ludwigs Universität Freiburg, Freiburg im Breisgau, Deutschland.

Auslandssemester: …

Stipendium des CNPq (ein Dienst des brasilianischen Ministeriums für Wissenschaft, Forschung und Innovation).

 

02/1994 – 12/2006    XXX, Belo Horizonte, Brasilien.

Abschluss: Hochschulzugangsberechtigung

 

Weiterbildung

01/2016– heute           Hamburger Fern-Hochschule, Hamburg, Deutschland.

 

 

Kenntnisse

Sprachen:

  •  MuttersprachlerIn (native speaker) (idioma nativo)
  •  Verhandlungssicher (fluent) (fluente)
  • Sehr gute Kenntnisse (very good command) (comando muito bom)
  • Cute Kenntnisse (good command / good working knowledge) (comando bom, bons conhecimentos)
  • Grundkenntnisse (basic knowledge) (conhecimentos básicos)

 

EDV:

(significa colocar seus conhecimento de TI e o grau de conhecimento assim como fez com idiomas. Quais software, se sabe mexer com quais programas do pacote Office (MS Office: Word, PowerPoint, Excel, Outlook), etc.)

 

Internationale Zertifikate

12/20XX                    Test DaF (Deutsch als Fremdsprache)

12/20XX                    TOEFL iBT (Test of English as a Foreign Language)

05/20XX                    D.E.L.E Intermedio (Diploma de Español como Lengua Estranjera)

 

Interessen & Engagement

Interessen:

 

Engagement:

2011 – heute

12 – 15/08/2007

19XX – 20XX

 

 

UNTERSCHRIFT

_________________________

 

NAME

Stadt, 04. März 2016

 

 

Eu fui na feira de carreiras da Universidade de Mannheim e participei de uma palestra sobre inscrição para vagas e aqui algumas observações para vocês:

  • Nunca comece uma carta de apresentação com “Mein Name ist”. Eles já sabem seu nome pelo cabeçalho!!!
  • A carta de apresentação é a sua chance de convencer o RH a continuar lendo sua inscrição. Se não gostarem, nem olham direito seu CV.
  • Faça uma carta de motivação para cada empresa, já que a motivação para a vaga e para a empresa muda de uma vaga para outra.
  • Carta de apresentação é falar de você resumidamente de acordo com o que a vaga gostaria que o trabalhador trouxesse.
  • Carta de motivação é explicar o porquê você quer e merece aquela vaga naquela empresa. Por que essa vaga? Por que essa empresa?
  • Normalmente carta de apresentação e carta e motivação são resumidas numa carta só como um mix do que é pedido nessas duas cartas.
  • Nunca usar mais de 1 página para a carta.
  • Usar a mesma fonte do currículo (ex.: Arial, Time New Roman, etc.).
  • Assinar com caneta azul.
  • Colocar seus dados no cabeçalho.
  • Colocar o nome da empresa e endereço no lado superior esquerdo.
  • Use frases curtas.
  • Mostre personalidade.
  • Não use frases negativas (eu não sei isso, não sei muito bem, tenho conhecimento limitado naquilo, etc.)
  • Reler bem e nunca mandar com erros de gramática, coerência e coesão.
  • É para enfatizar suas habilidades e não para repetir exatamente como está no CV.
  • Se não estudou em escola internacional no ensino médio, então não precisa citar sua escola no currículo se já tem diploma universitário, porque os alemães não conhecem sua escola mesmo (hahaha… mas eu deixei a minha escola lá na foto do meu CV, porque não sabia disso antes).
  • Se vc é recém formado manter o CV em 2 páginas (o meu tem 3 mas vou deixar assim, tenho muitos estágios e algumas experiências de trabalho já).
  • Sobre converter notas do sistema brasileiro pro sistema alemão eu acho meio injusto, pois os sistemas são bem diferente e no Brasil a nota depende muito do curso e da uni e 7.3 de 10 no Brasil pode ser bom para muitos cursos, mas na Alemanha convertendo seria 2,7 que seria uma nota meio que ruim. Procure no Google Notenumrechnen + Brasilien + nome da universidade alemã onde quer estudar para achar tabelas e fórmulas de conversão. Aqui um exemplo da uni de Potsdam: https://www.uni-potsdam.de/fileadmin01/projects/international/docs/Notenumrechnung_Länder/Notenumrechnung_Brasilien.pdf 

Minhas experiência com carta de apresentação / motivação:

  1. Comece falando da empresa e da vaga e como você combina com a vaga e a empresa e não só de você mesmo.
  2. Depois fale um pouco mais só de você (estudo, idiomas, etc., se já não tiver mencionado antes relacionando com a vaga)
  3. Por último fale quando está disponível para começar a trabalhar e expectativa de salário, se pedirem para fazer isso!
  • Foi falado que é para fazer uma carta para cada vaga e não reutilizar carta pronta. (O que sabemos que dá um trabalho danado e refazer cartas num idioma que não se domina é um risco grande de cometer muitos erros.) Mas o RH sabe quando você está reutilizando carta e eles gostam de ser únicos e de sentirem que a pessoa realmente quer a vaga.
  • Já funcionou comigo mandar carta reutilizada, mas depende se não tiver um concorrente que fará uma carta melhor, única e mais voltada para a vaga e empresa, pois a chance de escolherem ele é maior.

PS:

Formato das datas tem que ser consistente:

usar pontos 01.02.2012 – 31.03.2012

ou

usar barras 02/2012 – 03/2012

 

Alguns outros exemplos de fotos de currículo em alemão:

 

  1. http://www.ausbildungspark.com/files/muster-lebenslauf-ausbildung.png
  2. http://www.bilder-hochladen.net/files/big/6ji4-10-1c38.jpg
  3. http://www.selfmade.de/content/uploads/posts/13028/Muster-Lebenslauf.png
  4. http://karrierebibel.de/wp-content/uploads/2013/02/Muster-Lebenslauf-mit-Fehlern.png

 

Sites que ensinam a fazer currículo em alemão:

  1. https://lebenslauf.com
  2. http://europass.cedefop.europa.eu/pt/documents/curriculum-vitae

 

  • MANDAR TUDO EM 1 PDF de no máximo 3MB. (Usar o site small pdf se precisar tornar o pdf menor: https://smallpdf.com/pt/compressor-de-pdf)
  • Nunca mandar em pdfs separados para o email do RH.
  • Nomear a inscrição apropriadamente. Ex.: Bewerbung-Carvalho.pdf
  • Mande sua inscrição de um email pessoal sério. Não use “gatinha2000” como email!

Categorias para o CV aconselhadas na feira de carreira:

  1. Personal Details (Persönliche Daten)
  2. Education (Ausbildung)
  3. Work Experience (Berufliche Erfahrungen)
  4. Voluntary Work (Ehrenamtliches Engagement)
  5. Additional Skills (Weitere Kenntnisse und Qualifikationen)
  6. Hobbies (Freizeitinteressen)

IMG_3009IMG_3010IMG_3011IMG_3015IMG_3022IMG_3018

Vídeos que fiz em 2014 sobre meu CV em inglês e alemão: https://backpackingalone.wordpress.com/2014/05/30/modelo-de-curriculo-na-alemanha-montar-cv/

Publicado em ALEMANHA, Estudar, Reconhecimento de Diploma, Trabalhar | Marcado com , , , , , | 10 Comentários