Documentos para Casamento na Alemanha

Conversem no Consulado alemão no Brasil, no Standesamt da cidade que se quer casar e se quiserem aconselhamento tem o Conselho de Estrangeiros da região em que se quer casar (Beirat für Migration und Integration – Ausländerbeirat). Eu não sou responsável pelo seu casamento e pela atualização desse post.

Informações básicas são apresentadas aqui. Para maiores informações procure o Standesamt (Cartório de Registro Civil) da sua cidade na Alemanha.

Com base no site do consulado da Alemanha e algumas informações dentro de grupos no Facebook, a pessoa estrangeira que deseja realizar o casamento na Alemanha deve ter em mãos:

1. Certidão de nascimento (segunda via) original com data da assinatura não mais que 6 meses desde a entrega da certidão pelo cartório até a entrada no processo de casamento no Standesamt.
2. Declaração de solteira (retirado no mesmo órgão que emite a certidão de nascimento – cartório de registro – que revendo o arquivo do cartório pode comprovar não haver registro de casamento e escrever como observação na certidão de nascimento). Caso o Cartório de Registro Civil não emita este documento, como foi o meu caso, deve ser providenciada uma Declaração Pública com 2 testemunhas ou Escritura Pública Declaratória de Solteiro (EPDS) no Cartório de NOTAS (no meu cartório as duas testemunhas não podiam ser parentes: foram 2 amigos meus que testemunharam) em frente a um tabelião (no final desse post tem um exemplo de declaração). As testemunhas declaram que conhecem a pessoa e que ela é solteira (ou divorciada) até o presente momento.

EU NÃO ESTAVA NO BRASIL para fazer esses dois documentos. Quem pediu a minha certidão de nascimento atualizada foi minha mãe e quem organizou 2 pessoas e foi lá no Cartório de Notas fazer minha EPDS foram meu irmão e meu pai. Com tudo pronto eles foram no consulado e pediram o selo da Legalisation (não existe mais, agora é Apostila!!!) nesses documentos (tem Standesamt na Alemanha que pede esse selo e tem cidade que não pede) e depois me enviaram por correio (EMS) para a Alemanha e chegou em cerca de 1 semana, e logo em seguida mandei para o meu tradutor juramentado. O processo todo demorou em torno de 3-4 semanas. Obrigada família por todo o esforço!

Acabou a legalização de documentos públicos no Consulado alemão a partir do dia 14 de Agosto de 2016. Agora é fazer Apostila em Cartório no Brasil para documento público do Brasil ou na autoridade apostilante alemã para documento público alemão.

https://backpackingalone.wordpress.com/2016/07/29/acabou-a-legalizacao-de-documentos-publicos-no-consulado-alemao-a-partir-do-dia-14-de-agosto-de-2016/

Minha família também escaneou os documentos e me mandou por email para o tradutor na Alemanha já ir adiantando a tradução enquanto os documentos estavam no caminho do Brasil para a Alemanha (mas ele tem que ver o documento original para liberar a tradução).

A data de emissão destes documentos não pode ultrapassar 180 dias. (6 meses)

Observações mais detalhadas: Antes de dirigir-se ao respectivo consulado alemão é recomendável telefonar para saber se o mesmo está em poder das assinaturas dos respectivos tabeliões e/ou escreventes que assinaram os documentos e informar-se sobre o valor da taxa de legalização. Normalmente não é possível legalizar o documento se este tiver sido emitido em outro estado brasileiro, fora da jurisdição do respectivo consulado. ESSA ETAPA NO CONSULADO NÃO EXISTE MAIS, POIS A LEGALIZAÇÃO ACABOU!!!

Depois dos documentos serem legalizados no Consulado Alemão da sua região, enviar para um tradutor juramentado na Alemanha ou no Brasil*. Porém, caso as traduções desses documentos sejam efetuadas no Brasil, elas devem ser feitas por um tradutor juramentado que conste da lista disponível do Consulado. Em seguida, a representação alemã emite também uma declaração confirmando que o tradutor é um tradutor juramentado e está inscrito na Junta Comercial (essa confirmação não é de graça, mas não sei qual é o preço atual).

OBS.: CADA CIDADE PODE SOLICITAR DOCUMENTOS ADICIONAIS, ENTRE EM CONTATO COM O CARTÓRIO DA CIDADE EM QUE PRETENDE SE CASAR PARA MAIORES INFORMAÇÕES.

*”A tradução deverá ser feita por um tradutor juramentado; alguns Cartórios de Registro Civil na Alemanha também aceitam traduções feitas por um tradutor juramentado no Brasil, mas outros somente aceitam traduções feitas por um tradutor juramentado na Alemanha. Caso você pretenda mandar traduzir as certidões por um tradutor juramentado no Brasil, recomendamos que você primeiro entre em contato com o Cartório de Registro Civil alemão competente e, se for necessário, providencie um certificado de tradutor através da representação alemã com competência para o seu Estado.” Fonte: http://m.brasil.diplo.de/contentblob/4193452/Daten/5845856/Merkblatt_Eheschlieung_in_Deutschlandpt.pdf

—>>> “Um tradutor juramentado no Brasil não é considerado um tradutor público (öffentlich bestellter Übersetzer) na Alemanha, portanto, em alguns casos uma tradução feita por tradutor juramentado no Brasil pode ser rejeitada na Alemanha.” Fonte: http://m.brasil.diplo.de/contentblob/3916806/Daten/6448698/bersetzer_Rio.pdf

Resumão:
• A certidão de nascimento, antes de traduzir, tem que ser legalizada no consulado brasileiro. Levar lá e eles carimbam atrás da certidão dizendo que é válida (não é de graça e o preço é bastante salgado). Esse procedimento pode demorar de 2 dias a 1 semana dependendo da demanda de documentos que eles recebem e a disponibilidade do consul que irá assinar.
• É necessário ter a declaração do estado civil e a declaração de nascimento atualizadas, devendo estas ser traduzidas para o alemão por meio de tradução juramentada.
• Certificado do nível de alemão (apenas se for solicitado pelo cartório de onde vai se casar – Standesamt). Mesmo se não pedirem antes do casamento, após o casamento o Ausländerbehörde (Departamento de Imigração) normalmente vai pedir comprovação do nível de alemão por meio de um diploma. Eles costumam não pedir se a pessoa estrangeira já tem emprego na Alemanha (tem autorização de trabalho por meio do Arbeitsvisum ou do Blue Card)

Por parte do noivo alemão ou noiva alemã:
• Comprovante de renda dele/a (caso seja solicitado).
• Cópia do registro no Departamento de Habitantes (Meldebescheinigung) e do contrato de locação de apartamento/casa do/a noivo/a residente na Alemanha (em duas vias cada).
• Três últimos comprovantes de pagamento do salário do/a noivo/a e uma carta da empresa dizendo que posição exerce (se necessário).
Para pedir o visto após o casamento:
• Ir ao Ausländerbüro=Ausländeramt=Ausländedienst depois de casar para dar entrada na permissão de residência (Familienzusammenführung) e mostrar:  certidão de casamento + seguro-saúde (veja o vídeo abaixo sobre o seguro Familienkrankenversicherung) + diploma de alemão pelo menos nível A1 (caso ainda não tenha pode ser que deixem ficar na Alemanha por mais uns 3 meses até conseguir o diploma por meio de uma Fiktionsbescheinigung, mas pode ser que não deixem tbm e tenha que voltar pro Brasil) + diploma universitário (se tiver).

Casos:
1) Uma pessoa de um grupo casou mostrando uma declaração de solteira tirada no consulado brasileiro na Alemanha.
2) Outra pessoa fez isso pensando que também daria certo, porém o Standesamt (da cidade alemã em que ela mora) não aceitou esse documento tendo sido retirado na Alemanha e ela teve que fazer uma Escritura Pública no Brasil e lagalizá-la no consulado alemão (os pais enviaram pelo correio).
3) Outra amiga disse que deu entrada agora em maio de 2014 e disseram que o passaporte deveria ter data de emissão de pelo menos 1 ano. Sorte que o dela tinha.

Alguém tem mais algum caso para contar?

OU seja, liga no Standesamt da cidade em que se quer casar para saber o que eles realmente querem e o que aceitam. 

Já vi autorização de casamento ser negada pelo Oberlandesgericht por faltar documentação adequada. No caso queriam que a menina tivesse um visto válido (que pode ser o visto para casamento, visto de estagiário, visto de trabalho, etc.) ou permissão de residência na Alemanha (Aufenthaltstitel), porém ela veio como turista e turista não precisa de visto para ficar 3 meses nos países de Schengen, que inclui a Alemanha. Pode ser que o Standesamt de cidade pequena não tenha as informações necessárias para o casamento com um estrangeiro ou tenha preguiça de conseguir essas informações. Além disso o Consulado alemão deixa claro que é para entrar na Europa pela Alemanha e não fazer escalas de vôo em outro país. Fique atenta e boa sorte!

Mais uma informação:

Conversem no Consulado alemão no Brasil, no Standesamt da cidade que se quer casar e se quiserem aconselhamento (como já disse, já vi pedidos para autorização de casamento ser negado) tem o Conselho de Estrangeiros da região que se quer casar (Beirat für Migration und Integration – Ausländerbeirat).

Atenção:
Essa informação está no formulário pra pedir visto pra casar em 2014:

“Em caso de entrada direta na Alemanha, cidadãos brasileiros não necessitam de visto para casamento / formalização de união homoafetiva na Alemanha.

Exemplos:

voo São Paulo – Frankfurt = entrada direta
voo São Paulo – Madri – Frankfurt = não é entrada direta

A autorização de residência obrigatória deve ser solicitada no Departamento de Estrangeiros com competência para o local de residência dentro de um prazo de três meses após a entrada no país. Os documentos exigidos para solicitar a autorização de residência geralmente correspondem aos documentos exigidos para o requerimento de um visto (vide item III – documentação para o requerimento) ”

Atenção:

No dia da entrada do processo no Standesamt JÁ TEM QUE FALAR O NOME DE CASADA SE QUISER MUDAR DE NOME!!! Chegue já preparada/o!

O Standesamt também faz uma pequena entrevista para saber se a noivo ou o noivo estrangeiros entendem bem alemão e ponto de entender o que a juíza está falando ou o que está sendo assinado (NUNCA assinem nada sem saber o que estão assinando!!!)

No meu caso não precisei de tradução simultânea, intérprete, mas se precisarem eles indicam esse site aqui: http://www.justiz-dolmetscher.de/

e no Facebook eu vi a Doris também oferecendo serviço de tradução e acompanhamento: “Ajudo no Bürgeramt, Ausländerbehörde, Jobcenter, Familienkasse, com tudo que precisa resolver no cartório (Standesamt), e acompanho qualquer tipo de cerimônia. Experiente também no âmbito acadêmico (Estudos Germânicos, M.A.), posso fazer ‘ghostwriting’ de qualquer tipo, traduções literárias e também orientar sobre candidaturas, currículos, etc.
Doris”
dorisinberlin@gmail.com

O contrato de casamento automático de 2014 no meu Standesamt era o de comunhão parcial de bens, ou seja, o que era antes do casamento do noivo ou da noiva não é dividido entre eles, apenas o que eles construírem juntos! Mas vale avisar que dívidas e lucros de bens atuais e de bens antes do casamento também são divididos, apenas o bem em si não é dividido, mas os lucros e dívidas são (pelo que entendi). Se quiserem outro tipo de contrato tem que fazer no Notar (Cartório de Notas). Pesquisem antes qual é o regime de bens automático do Standesamt onde vocês vão casar no ano que vão casar. (Perceba que se o parceiro/a fizer dívida, ela é sua também nesse regime!)

Outra coisa, eles também vendem  livro da família (Familienstammbuch), custou 25€, com dicas de nomes de filhos, desenho da árvore genealógica para preencher e quando se compra esse livro a certidão de casamento (Heiratsurkunde) é colocada dentro dele e entregue pela juíza no fim da cerimonia civil. Ele é esse livrinho que está na quina da mesa.

10710908_842542369098365_4426526775933447827_n

Sobre casamento homossexual, até onde entendi, não se chama casamento, mas Lebenspartnerschaft e o processo não passa pelo Oberlandesgericht, apenas pelo Standesamt, mas também são exigidos esses documentos (até onde sei).

Bibliografia:

http://frankfurt.itamaraty.gov.br/pt-br/casamento.xml
http://frankfurt.itamaraty.gov.br/pt-br/declaracao_de_estado_civil.xml
– Consulados da Alemanha no Brasil – Informativo sobre casamento:
http://www.brasil.diplo.de/Vertretung/brasilien/pt/KonsularserviceNeu/KonsularserviceNeu/03Personenstand/Eheschlie_C3_9Fung_20in_20Deutschland__pt.html
http://www.brasil.diplo.de/Vertretung/brasilien/pt/05__Rio/Personenstandswesen/Eheschliessung/Eheschliessung.html

Exemplo de Escritura Pública Declaratória de Solteiro/a:

Esse é só um exemplo de EPD, pois cada comarca, cartório, tabelionato, etc. têm seus próprios modelos.

Escritura Pública Declaratória que faz: (seu nome ou o nome do declarante, quando a pessoa nao estiver presente), na forma abaixo declarada: Saibam todos quantos esta pública escritura virem, que aos xxx dias do mês de xxxxxxx do ano de dois mil e xxxx (xx/xx/20xx), neste Município e Comarca de xxxxxxxxxx, Estado de/o xxxxxxxxxx, neste Serviço Notarial, comparece como Outorgante Declarante, (nome e dados da pessoa que irá declarar, vc ou seu representante), a presente reconhecida como a própria por mim, (informações do/a escrevente), conforme os documentos que me foram apresentados, do que dou fé. E aí, pela Outorgante Declarante, me foi dito e declarado o seguinte, (fulada de tal), nascida em (data e local), filha de (nome dos pais), nunca contraiu matrimônio neste país, permanecendo seu estado civil de SOLTEIRA, conforme Certidão de Nascimento de Inteiro Teor (dados da certidão, nr., local em que foi lavrada, folhas xx, livro xx, data). Nada mais declarou. Pela Outorgante Declarante, me foi dito, finalmente, que aceita a presente escritura em todos os seus expressos termos. Assim e disse e dou fé. A pedido da parte, lavrei a presente escritura pública, que depois de lhe ser lida e achada em tudo conforme declarou, na presença de duas testemunhas instrumentárias ao ato que atestaram e declararam como verdadeiras as declaraçoes da ora outorgante: (aqui informa-se todos os dados das 2 testemunhas). Eu, (nome e dados do escrivao), Titular que a fiz digitar, subescrevi, dou fé e assino. (Finaliza-se com os emolumentos (custas), Local, data, (fulano de tal), Outorgante, (ciclano de tal), Testemunha Instrumentária, (beltrano de tal), Testemunha Instrumentária, (nome do escrivão/escrevente). Nada mais. Transladada em seguida, confere em tudo com o original, ao qual me reporto e dou fé. Eu, (assinatura do tabelião), (nome), (titulação), que a transladei, conferi, subscrevo, dou fé e assino em público e raso.

No final tem a data e a assinatura do escrivão/tabelião. Em alguns Cartórios de Notas as testemunhas também assinam no documento final entregue ao cliente. (Tem cidade na Alemanha que pede para que as testemunhas tenham assinado a EPDS, veja no Standesamt da sua cidade os requisitos).

Tá aqui a minha Escritura Pública Declaratória de Solteira do Cartório de Notas com 2 testemunhas e a assinatura do tabelião e com a legalização do Consulado alemão que foi aceita na cidade de Mannheim para me casar em 2014.

EPDSCaptura de Tela 2016-07-13 às 17.01.51

Playlist com todos os detalhes da organização do meu casamento na Alemanha:

E para quem criticou o post, porque mostrei os documentos que precisei para me casar na Alemanha, aqui a resposta:

Façam tudo pensando bem nas consequências das suas escolhas e de acordo com a lei do AMOR.

Sobre Raquel Carvalho (Backpackingalone)

I am a brazilian pharmacist, blogger, vlogger, traveller now living in Germany.
Esse post foi publicado em ALEMANHA e marcado . Guardar link permanente.

54 respostas para Documentos para Casamento na Alemanha

  1. Pingback: Como você responderia? – Trabalho na Alemanha | Backpackingalone ;Dicas de Intercâmbio – Versão Viver na Alemanha

  2. Cristiano Costa disse:

    Parabéns por tudo!!!! Seja muito feliz!!!!!!!!! 🙂 Parabéns pela boa vontade de trazer informações para as outras pessoaa!!!!!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Giselle disse:

    Olá Raquel,
    Aqui é a Giselle que vai casar na Dinamarca hahah Muito obrigada pelas informações mais uma vez e espero que seu casamento esteja sendo um sonho :))))

    Eu vi que você postou que o Ausländerbehörde pediria um certificado do nível de alemão depois do casamento para a permissão de residência. Pode ser porque eu já tenha visto de estudante (perguntaram isso antes de agendar) ou não sei qual outro motivo, mas na lista de documentos que eles me deram não consta esse certificado. Fiquei preocupada e meu noivo vai ligar lá para ter certeza. De qualquer maneira aqui vai a lista de documentos para o residence permit do Ausländerbehörde de Berlim (um pouco grande):
    —————–
    Residence permit for spouses, parents and children
    Issuance or extension of a residence permit for
    – The spouses or life partners of the same sex of German or foreign residents with a
    valid residence permit

    Documents required

    Valid passport

    A passport must be submitted for each member of the family.

    ID-Card of the German national

    For German spouses / same sex civil partners, the personal identity card (Personalausweis) is also sufficient.

    Kinderausweis (Child’s identity card)

    Child’s identity cards (Kinderausweis) must be submitted for German children.

    1 current biometric photo of each foreign member of the family

    35mm x 45mm, frontal shot with neutral facial expression and closed mouth,

    looking straight into the camera, light background

    http://www.berlin.de/labo/_assets/kraftfahrzeugwesen/foto-mustertafel.pdf

    Marriage certificate/ partnership certificate With apostille if the marriage / partnership took place abroad; Original and copy (only required for the first application)

    Lease that states the current rental cost

    Original and copy

    (Not required for the first application of wifes/husbands, parents or children of German citizens)

    Health insurance

    Proof of a secure livelihood must also include sufficient health insurance.

    Those with statutory health insurance are sufficiently insured. Those with

    private health insurance must consider the type and extent of their health

    insurance.

    Please read the leaflet for more information. (Not required for the first

    application of wifes/husbands, parents or children of German citizens)

    Proof of the secured livelihood of the family in the shared household

    When calculating the means of livelihood, also those persons are taken into

    account with whom the foreigner lives in a shared household or for whom the

    foreigner is obliged to provide a livelihood.

    A shared household includes, in particular, couples, both or single parents and

    unmarried children under 25 years of age all living together in one common

    household. Therefore, all family members with their own income in the

    shared household must submit the following documents of proof in regard to

    their respective income.

    Employees: Employment contract, current certificate of employment (not

    older than 14 days), last 6 salary slips, for the extension of the residence

    permit additionally a certificate on paid contributions or adequate provision

    for an old-age pension; each original and copy

    Self employed: Audit report form (Prüfungsbericht), prepared by a tax

    consultant, auditor or lawyer for tax law

    Possibly a current proof of receiving benefits according to SGB II or XII or

    the Asylum Seekers Benefits Act.

    (Means of subsistence are not required for the first application of

    wifes/husbands, parents or children of German citizens)

    Current certificate of school attendance (not older than 14 days)

    For children who are required to attend school

    All certificates showing participation in the integration (Only in case

    of extension).

    If you were required to enrol by the Registration Office for Foreigners you

    have to show all certificates showing participation in the integration course.

    Form “Antrag auf Erteilung eines Aufenthaltstitels” (filled out)

    Only required for the first application for every member of the family;

    Available in German, English, French, Italian, Greek, Turkish, Serboc-Croatian, Spanish, Portuguese and Russian

    Curtido por 1 pessoa

    • Obrigada Giselle! Esta tudo ótimo no casamento, somos muito felizes! Te desejo tudo de ótimo também para o seu casamento! :*

      O certificado de alemão não é pedido como documento para casar pelo Standesamt, mas como documento para a permissão de residência pelo Ausländerbehörde em algumas cidades (tem cidade que deixa vc fazer o A1 dos do casamento, outras após o casamento já querem que vc mostre o A1). Isso depende do departamento de imigração da sua cidade.

      Obrigada pelas informações do seu Standesamt. Pode ajudar quem for ler esse comentário. (Mas muda de região para região gente!)

      Bjaaao

      Curtir

  4. Giselle disse:

    Oi Raquel! Tudo certo, já com residence permit de tres anos na mao! Fiquei tao feliz quanto voce no video hahah
    Pois bem, para ajudar os proximos brasileiros, aqui no Ausländerbehörde de Berlin e no meu caso o essencial foi apenas estarmos registrados juntos no mesmo endereco, mostrar o certificado de matrimonio, uma foto, formulario preenchido e passaportes dos dois. Alem disso viram que eu tinha o visto de estudante valido ainda e mencionaram esse fato. Nao pediram comprovante algum de nivel de alemao (eu nao falei uma palavra sequer com o funcionario, meu marido sim, mas entendi tudo e dei os papeis que ele pedia na hora) nem sequer mencionaram curso de integracao. Perguntamos se queria meu diploma e outros documentos extras como contrato de trabalho do meu marido – pq levamos tudinho – e nao queriam.
    Entao é assim, aos poucos vamos descobrindo como é a vida no outro país… voce saberia dizer, Raquel, como é a questao de receber salario ou honorarios aqui? Eu vou trabalhar 7 dias de freelancer esta semana já e parece que é preciso registrar no Finanzamt, optar pelo tipo de imposto, etc. Estou pesquisando também mas se souber de algo, ajuda muito.
    Grande Abraco!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Giselle disse:

    Ah, e quanto a classe do imposto, a contadora do meu marido tambem está nos ajudando. Acho que por enquanto ficarei na 5 e ele na 3… vamos ver 🙂 garadeco muitissimo os esclarecimentos! Boa semana!

    Curtir

  6. Mariá disse:

    Obrigada Raquel por responder. Esse registro que você mencionou quando chego na Alemanha, pois no caso meu noivo mora lá, e eu vou entrar como turista e ficar no apto dele. Nessas condições eu consigo esse documento?
    Outra dúvida, quando viajar pra Alemanha num voo direto com conexão em Frankfurt eu não preciso de visto? e se fizer conexão em Londres por exemplo eu precisaria de visto para casamento?

    Curtido por 1 pessoa

    • Consegue sim. Só ir no burgeramt e se registraria cidade mostrando o passaporte e o endereço onde vai ficar (às vezes eles pedem o contrato de aluguel e seu namorado teria que fazer um sub-contrato de aluguel com vc).

      Curtir

    • Sobre o voo o que está escrito no consulado até onde eu me lembro é que tem que ser direto. Olha lá no site deles. Se não for direto não sei no que pode implicar, mas se não tiver cartão de crédito e dinheiro suficiente como turista podem te mandar de volta pro Brasil e fizeram isso com uma amiga minha que entrou por Paris dizendo que ia ser babá do filho da irmã na Alemanha e entrou em Paris com carta em português e alemão dizendo que a irmã iria bancar tudo, mas não aceitaram e mandaram embora, pq ela não tinha dinheiro suficiente, nem estadia em hotel, nem visto e pegaram no pé dela.

      Curtir

    • E tem que fazer seguro saúde de viagem ou seguro saúde alemão pra vir! Não vem sem, senão vc pode pagar multa qnd quiser entrar num seguro alemão já morando na Alemanha sem ter tido seguro antes.

      Curtir

  7. Kezia disse:

    Raquel, voce saberia algo a respeito de casamento com alemao no Brasil?

    Curtido por 1 pessoa

    • Eu Kezia! Desculpa, mas não sei nada sobre esse assunto, mas creio que é menos difícil que casar com brasileiro/a na Alemanha. Boa sorte! Bjs

      Curtir

      • Thayza disse:

        Olá Raquel , me chamo thayza você saberia me dizer o que é o fiktionsbescheinigung e para quer serve posso fazer curso de alemão básico pelo governo na Alemanha o curso A1 ??? Poderia me ajudar ?

        Curtir

      • O Fiktionsbescheinigung é um prolongamento temporário do seu visto anterior. Só isso. Ou, caso não tenha todo visto, um documento qe comprova que vc está legal no pais até a data de validade vencer. Creio que pra fazer o curso de integração que inclui alemão vc precisa mostrar sua certidão de casamento mas eu não sei como proceder pq não passei por esse procedimento. Um bjaaao

        Curtir

  8. Danielle C. disse:

    Maaaaaravilhoso esse seu post! Em breve providenciarei minhas papeladas e nada melhor que já estar bem informada! Mto obrigada pela riqueza de detalhes e por ter compartilhado aqui! 😉

    Curtido por 1 pessoa

  9. Camila Z. disse:

    Oi Raquel!
    Gostaria de saber uma coisa: voce que tirou os documentos no Brasil, ou sua familia?
    Meus pais nao conseguem tirar o documento de solteiro por mim no cartorio, os funcionarios dizem que só eu posso tira-lo, com firma reconhecida, mesmo eles tendo procuracao. Como voce fez?

    Obrigada desde já!! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  10. Olá Raquel! Uma pergunta, para uma brasileira que já mora com um alemão é possível oficializar uma união estável assim como é feito no Brasil? Sabe se existe isso na Alemanha ou é só através do casamento mesmo? Obrigada!

    Curtir

    • Oi Lucy! Eu já fiz essa pergunta pro consulado alemão no Brasil antes de me casar e para união estável seria um visto APENAS para casais homossexuais. Para heterossexuais seria o que está escrito nesse texto mesmo de acordo com a minha experiência. Bjs

      Curtir

      • queila disse:

        oi raquel sou caboverdiana quero casar com um alemao na alemanha mas nao sei quais os documento que tenho de apresentar para pedir visto sera que possas dar algumas dicas obrigada

        Curtir

      • Oi Queila! Aqui no blog eu escrevi os documentos que precisei! Procura por documentos para casamento na Alemanha. Mas podem variar alguns de cidade para cidade e de acordo com o pais de origem da noiva/ do noivo. Pergunte no Standesamt da cidade onde seu noivo mora. Fala para ele ir lá e perguntar levando em consideração a sua nacionalidade. Beijão e boa sorte com tudo! 🙂

        Curtir

  11. queila disse:

    oi raquel sou caboverdiana quero ir para alemanha viver com meu namorado ele e alemao e quero casar com ele mas tenho duvida em relacao dos documentos sera que e possivel me dar alguns dicas por favor

    Curtir

  12. Pingback: Tipos de visto para a Alemanha | Backpackingalone ;Dicas de Intercâmbio – Versão Viver na Alemanha

  13. Andressa disse:

    Oi Raquel! O meu noivo (europeu mas não alemão) mora na Alemanha e eu ainda estou no Brasil. Ele vai entrar com o pedido de casamento sozinho esse mês, antes de eu ir pra lá (acho que vou só em dezembro ou janeiro, pra daí marcarmos a data), só que quando pedimos no Standesamt a lista de documentos, dizia que precisava do meu passaporte. Você tem alguma experiência com isso? Não sei como fazemos pq não posso enviar meu passaporte junto com os outros documentos por correio né, senão como faço pra entrar na Alemanha depois?? hahah

    Curtir

  14. Voce me ajudou de mais viu, tive que me casar aqui em Berlin ao inves de no Brasil e os seus videos foram salvadoressss obrigada!

    Curtido por 1 pessoa

  15. Denise disse:

    Olá você sabe se é preciso traduzir para o alemão também o apostilamento? pois o mesmo vem escrito em português e ingles.

    Curtir

  16. Catarina disse:

    Oi Raquel, estou na Alemanha e providenciando a documentação no Brasil com o auxílio do meu pai, queria que você me desse uma ajuda, eu não consegui entender em que consiste essa apostila, é possível retirar ela nos cartórios do Brasil ? Meu pai já solicitou a segunda via da minha Certidão de Nascimento e uma de Inteiro Teor (que segundo ele é mais completa), mas esqueceu de perguntar pela apostila até porque ele não entendeu o que seria isso…ele pode me enviar esses documentos para serem traduzidos aqui na Alemanha ou precisam vir traduzidos do Brasil ?

    Curtir

  17. Ana disse:

    Raquel, muito obrigada pelas informações, são de bastante ajuda!
    pelo o que entendi: preciso solicitar a segunda via do registro de nascimento (minha tia pode fazer isso pra mim?) e declaração de solteira, certo? a apostila de Haia seria um carimbo que tem que ter nesses dois documentos, é isso? (que no caso, pelo o que pesquisei, o cartório da minha cidade em Recife faz isso). obrigada desde já.

    Curtir

  18. Poliana disse:

    Olá Raquel! muito obrigada por fornecer essas informações tão bem explicadas e detalhadas! Está me ajudando muito a me organizar e planejar para o meu casamento. Fico muito feliz por saber que existem pessoas como você que guardam um tempo para ajudar os leigos e desesperados que não sabe nem por onde começar (tipo eu aqui hehehehe)! Obrigada! beijos

    Curtir

  19. Todos seus posts e vídeos são bem explicados e tem me ajudado bastante com o processo de casamento. Fiz todos os passos guiados por suas experiências e meu noivo já entregou ao Standesamt em Köln , nossos documentos…agora estamos esperando eles falarem ok …pode vim para Alemanha casar…kkkk, ou pode ficar por mais um tempo no Brasil… kkk… Hoje fez uma semana que meu noivo deixou tudo que pediram…agora só aguardar para podermos comprar a minha passagem…

    Obrigado pelas dicas…

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s